Mariana Francesa (Acróstico)

mariana francesa

Manhãs de novo raiar
Amor que está ali
Relva generosa
Inspirando os melhores pensamentos
Amanhã mesmo, a qualquer momento
Não é difícil, nem mesmo força
Águas doces, não rios de lama

Fraquejo, perco a fé na humanidade
Ranço, lamúrias, perversidade
A quem devo reclamar?
Não sei
Cadê o amor?
E sua doçura?
Sobrou pouco, o semblante é amargo
Amor, desculpe, sei que a culpa não é sua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s