O covarde sempre perde

bert-lahr-516812_960_720.jpg

Bert Lahr, O Leão Covarde (Mágico de Oz)

O covarde antes de começar já perdeu
E isso ele bem sabe
Porque é assim que ele pensa
Por via das dúvidas, sequer age

O covarde quando toma coragem
Fica perdido
E com medo deste sentimento tão arredio
Volta a ser covarde

É por isso que quando ele se vai, dizem:
“Já vai tarde…”

Um covarde, no amor, sequer se anima
Pensa que o amor é covardia
E o que ele mais diz é: “Um dia… um dia…”

O covarde está sempre a espreita da felicidade
Fugindo até de singelas alegrias
E há vezes, inclusive, que sorri enquanto corre
Mesmo sabendo que, dia após dia, morre

Lucas Ávila

Um comentário sobre “O covarde sempre perde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s